Rede de Centros de Recursos em Conhecimento
Rede de Centros de Recursos em Conhecimento
 

A Rede de Centros de Recursos em Conhecimento, constituída por 58 entidades tem como objectivo apoiar entidades formadoras e profissionais de formação, enquanto agentes multiplicadores de processos de desenvolvimento de competências necessárias ao reforço da competitividade de pessoas e organizações, promovendo deste modo, a modernização e actualização de todos aqueles que operam no sistema de formação.

Ao Instituto do Emprego e Formação Profissional, I. P., enquanto responsável pela gestão da Rede, compete:

  1. Incentivar a participação activa dos CRC pertencentes à Rede;
  2. Garantir a uniformidade e a coerência dos princípios e procedimentos técnicos associados às diferentes áreas de actuação da Rede;
  3. Garantir a manutenção e funcionamento do catálogo colectivo da Rede de Centros de Recursos em Conhecimento - Base FORMEI;
  4. Manter o apoio técnico aos CRC da Rede na área do tratamento documental, prioritariamente aos que efectuam o carregamento em linha;
  5. Promover, conjuntamente com os diversos Centros da Rede, oportunidades de reflexão, discussão e formação com vista à melhoria da qualidade dos serviços prestados, designadamente a partilha de conhecimentos e experiências proporcionados pelos grupos de trabalho temáticos;
  6. Promover o conhecimento entre parceiros, através da participação em encontros nacionais ou sectoriais da Rede;
  7. Facilitar o acesso, através do CRC Virtual, a bases de dados disponíveis a todos os CRC da Rede;
  8. Assegurar a gestão, manutenção e desenvolvimento do CRC Virtual como meio de informação, divulgação de eventos, produtos e serviços da Rede;
  9. Organizar e ou assegurar a realização de acções de formação de interesse para a Rede, facilitando a participação dos respectivos membros;
  10. Incentivar os empréstimos de documentação inter-CRC;
  11. Facilitar o acesso a produtos e publicações produzidos no âmbito da Rede;
  12. Incentivar o estabelecimento de parcerias sectoriais ou regionais.

 Aos Centros de Recursos em Conhecimento, compete:

  1. Participar nos grupos temáticos e nos instrumentos de cooperação da Rede - Catálogo colectivo da RCRC – base FORMEI e CRC Virtual, com vista a optimizar as suas valências e potencialidades.
  2. Em alternativa à participação directa no Catálogo colectivo, ter organizados e manter actualizados os registos bibliográficos do fundo documental existente, preferencialmente através de um sistema informatizado de gestão documental adequado e compatível com a utilização do protocolo Z39.50, para pesquisa federada a partir daquele catálogo, ou disponibilizar, para consulta pela Internet, uma listagem das obras existentes;
  3. Observar, no tratamento da documentação, as orientações constantes no documento “FORMEI – Princípios e Recomendações para a Cooperação”  e as Regras Portuguesas de Catalogação;
  4. Cumprir o estabelecido na Carta de Qualidade da Rede, anexo ao presente protocolo, constituindo-se parte integrante deste;
  5. Respeitar os princípios, normas, recomendações, procedimentos e padrões de qualidade, definidos ou a definir no âmbito da Rede;
  6. Participar em reuniões, acções de formação e informação e ainda em redes temáticas existentes ou que venham a ser dinamizadas;
  7. Designar um responsável técnico pelo CRC;
  8. Garantir a existência de recursos humanos com continuidade e competências técnicas para assegurar o funcionamento do CRC, nomeadamente na área do tratamento documental;
  9. Colocar à disposição da Rede e de todos os utilizadores do CRC produtos e publicações produzidos, de preferência, em formato digital, sem prejuízo dos contratos de confidencialidade, acordos de consórcio ou outras formas de protecção de direitos de autor;
  10. Disponibilizar informação junto da Rede relativa às actividades e projectos desenvolvidos, disseminando junto dos restantes Centros todas as acções entendidas como relevantes e permitindo o acesso preferencial dos mesmos ás acções em causa;
  11. Disponibilizar ao IEFP instrumentos que permitam o acompanhamento das actividades  nomeadamente, plano e relatório de actividades anual e indicadores de desempenho semestrais.

Grupos Temáticos

A Rede CRC estrutura-se em Grupos Temáticos, os quais agregam Centros com missão e actividades similares, sendo a respectiva actividade dinamizada por um CRC que assume a função de Pólo Dinamizador e que  é designado anualmente pelo IEFP I. P., enquanto entidade gestora.